Bolsa Permanência MEC

Postado por Secretaria PRAE em 21/ago/2013

A BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC pode ser acumulada:

. com outras Bolsas Acadêmicas (ensino, pesquisa, extensão, PET…),

Desde que o valor total dos benefícios recebidos, não ultrapasse 1,5 salário mínimo.

Informamos que até a presente data não tivemos resposta do MEC à solicitação de redução da carga horária média diárias de 5 para 4 horas ou mais. Sendo assim, somente estudantes matriculados nos cursos de Medicina, Medicina Veterinária(Palotina), Farmácia, Biomedicina e Oceanografia poderão inscrever-se.

Para conhecer melhor o Programa e para efetuar a inscrição,  os estudantes deverão preencher o cadastro  especificado no site permanencia.mec.gov.br  e entregar a documentação exigida (Menu – Como é feita a comprovação?) na PRAE ( Edifício Dom Pedro II – 1 andar – Reitoria).

Os estudantes que já tem cadastro deferido na PRAE,  estão dispensados de apresentar a documentação.

Estudantes dos cursos de Medicina, Medicina Veterinária(Palotina), Farmácia, Biomedicina e Oceanografia, que fizeram a inscrição para a Bolsa Permanência do MEC, devem seguir as instruções abaixo: (Para os alunos dos demais cursos, publicaremos no site da PRAE assim que tivermos as informações)

Orientações para discentes que vão receber o benefício do Programa de Bolsa Permanência (PBP) do MEC pela primeira vez:

  1. Entrar no endereço https://www.fnde.gov.br/sigefweb/consultar-beneficios e inserir o CPF.
  2. Imprimir a tela que informa o n° do benefício e o n° do convênio BB (vide figura abaixo). Se preferir, o aluno poderá simplesmente anotar os números mencionados anteriormente.
  3. Dirigir-se à agência do Banco do Brasil que o aluno indicou ao fazer seu cadastro no sistema, munido do n° do benefício e do n° do convênio BB, além da documentação básica exigida pelo banco (Carteira de Identidade e CPF).
  4. Solicitar o saque da primeira parcela da bolsa e a emissão do cartão que será utilizado nos saques subsequentes.